FALE CONOSCO 41 33633090
HOME QUEM SOMOS ESCRITÓRIO ATIVIDADES CIDADES IRMÃS CONVÊNIOS ESPAÇO
DEKASSEGUI
BLOG CANAIS DE
ATENDIMENTO
Espaço Dekassegui

APOIO AOS DEKASSEGUIS >>
APOIO AOS DEKASSEGUIS

APOIO AOS DEKASSEGUIS


Eu sou Carla Barros, psicóloga CRP 08/06111, estou residindo no Japão pela segunda vez, não possuo descendência nikkey, mas tive a oportunidade de participar por dez meses em 2011/2012 de um intercâmbio profissional em Psicologia aqui no Japão, por meio deste recebi propostas de trabalho como psicóloga para atendimento aos brasileiros que aqui residem. Retornei em dezembro de 2012 e ficarei até no máximo o primeiro semestre de 2014, pois sou funcionária do município de Paranavaí em licença sem vencimentos e preciso retornar para reassumir minhas atividades (espero que com dekasseguis como desejo).

Durante o treinamento pude realizar uma pesquisa com alunos estrangeiros (brasileiros e peruanos) de ensino secundário (7º a 9º ano), por meio da qual foram coletados dados muito importantes e relevantes para o maior conhecimento da realidade dos estrangeiros latinos no Japão (material que possuo o desejo de publicar oportunamente). Esta primeira experiência de pesquisa com esta comunidade me despertou o interesse e desejo de aprofundar meus estudos, buscando me aperfeiçoar nesta temática, pois a literatura e produção científica nesta área é reduzida.

Durante os nove meses que permaneci no Brasil aguardando a documentação e o visto para retornar ao Japão, pude buscar instituições e pessoas ligadas a esta temática no estado do Paraná, desta maneira eu e a International Community School (uma das escolas que atuo no Japão) conhecemos o Instituto Hyogo, o Sr. Gervásio e o Sr. Yamashita. Existe da minha parte imenso desejo de aprofundar os estudos e pesquisas científicas sobre a realidade aqui encontrada, buscando no meu retorno ao Brasil, em parceria com o Instituto Hyogo, implantarmos um serviço de apoio aos dekasseguis no estado do Paraná. Portanto para que este objetivo seja alcançado e tenha fundamentos científicos, buscamos a parceria e apoio técnico da PUC em uma pesquisa que iremos iniciar com a Província de Hyogo e/ou região Kansai. Esta pesquisa tem como objetivo principal conhecer a realidade profissional dos brasileiros que residem no Japão nesta região, formação, capacitação, interesses profissionais no Japão e no Brasil, desta maneira poderemos formatar um serviço coerente com a demanda existente no retorno destas pessoas ao Brasil/Paraná. Neste mesmo instrumento devemos coletar informações relevantes sobre alguns aspectos das suas vidas no Japão, locais possíveis de retorno ao Brasil, realidade familiar entre outros que possam ser considerados relevantes.

 

Informo abaixo os dados e possibilidades para a definição da amostra a ser pesquisada.

Apenas para esclarecimento aos senhores, o Japão é dividido em regiões (similares as do Brasil) e em Províncias, que correspondem aos estados no Brasil. Esta pesquisa esta prevista para acontecer na região de Kansai (sul do Japão) que possui sete províncias, são elas: Mie, Shiga, Kyoto, Osaka, Hyogo, Nara e Wakayama. Estamos aguardando a resposta da província de Hyogo sobre a liberação do recurso para a pesquisa, mas já tenho condições de avançar no planejamento, definição do público alvo  e elaboração do questionário de pesquisa.

Abaixo dados da população brasileira no Japão e da região que deverá fazer parte da amostra da pesquisa:

**referência mês 11/2012, informações do Ministério das Relações Exteriores.do Japão.

 

-Brasileiros no Japão: 210.032 pessoas, sendo 114.215 homens e 95.817 mulheres.

Entre 20 anos e 49 anos de idade: 126.655 pessoas, sendo 69.763 homens e 56.892 mulheres.

 

-Brasileiros na região de Kansai: 30.581.

            Entre 20 anos e 49 anos de idade: 18.127 pessoas, sendo 10.247 homens e 7.880 mulheres.

 

-Brasileiros na Província de Hyogo: 2.872 pessoas.

            Entre 20 anos e 49 anos de idade: 1.698 pessoas, sendo 897 homens e 801 mulheres.

 

Existem duas possibilidades para a definição da amostra da pesquisa: realizarmos apenas com a Província de Hyogo que deverá ser a financiadora, ou realizarmos na região de Kansai.

Gostaria de solicitar auxílio nos critérios de definição do número para a amostra, estou em fase de finalização do projeto e pretendo realizar esta pesquisa on line, neste caso será disponibizado o link com o questionário da pesquisa em sites estratégicos de fácil acesso à comunidade, já tenho um técnico da área para realizar todas as atividades necessárias para isto.

**pensei em deixar disponível por 45 dias on line e que a amostra seja o total de questionários preenchidos.

Gostaria também de informações sobre aplicação do piloto da pesquisa.

Peço desculpas pelo excesso de informações neste e-mail, mas acredito serem importantes para a melhor compreensão dos senhores sobre a proposta.

Existe a possibilidade de fazermos contatos por telefone e via Skype, facilitando assim a nossa comunicação, este é o início das atividades em parceria.

Agradeço a atenção e disponibilidade e aguardo breve retorno para agendarmos se possível uma vídeo conferência para maiores esclarecimentos.

Att, Carla Barros

Ota shi, Gunma ken, Japão

04/07/2013






Oportunidades imobiliárias >>
Industrial

Produtos e serviços >>
Showroom
Links


IMAGENS de SATÉLITE >>